press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/2
  • Oli Comunicações

PM prende masculino por tentativa de estelionato em Pomerode

Conforme a PM, o masculino estava agindo novamente, tentando passar cheques sem fundos nos comércios da cidade de Pomerode.


Um homem de 30 anos foi preso pela Polícia Militar por tentativa de estelionato na tarde de quinta-feira, 19, por volta das 17h, em Pomerode. Era a quarta vez que o infrator estava fazendo comprar com cheque sem fundos no comércio.

A guarnição da Polícia Militar recebeu informações de um comércio situado na Rua Presidente Costa e Silva, Bairro Testo Rega, de que um masculino estava agindo novamente, tentando passar cheques sem fundos nos comércios da cidade de Pomerode. Diante das informações das características e direção tomada pelo possível autor a guarnição passou a diligenciar seu paradeiro, localizando o mesmo no centro da cidade.


Continua após o Anuncio:

Em revista pessoal, foi encontrado dois cheques do banco do Brasil no nome do autor, mas já preenchido apenas com o valor numérico e assinado, não estando preenchido o valor por extenso e nem para quem se destinaria o mesmo.


Após conversar com uma das vítimas da tentativa de estelionato, o mesmo relatou que o autor foi na segunda-feira, dia 16, na loja, lá trocou um cheque no valor de R$ 200,00 em dinheiro e foi embora. Na quarta-feira, dia 18, foi novamente na loja e queria novamente uma troca, no entanto foi dito que só faria a troca mediante compra de algum produto. O masculino, então, comprou um produto no valor de R$ 50,00 e o restante do valor do cheque que estava preenchido no valor de R$ 200,00 o autor pegou em dinheiro (R$ 150,00) e foi embora.


Na quinta-feira, dia 19, o autor voltou a loja pela terceira vez para tentar trocar um cheque no valor de R$ 250,00, no entanto foi negado pois o dono do estabelecimento queria ver se os outros tinham saldo. A troca não foi aceito e o autor foi embora sem nada.


No mesmo dia, na tentativa de repassar cheque sem fundos, o autor foi em outro comércio situado na Rua Presidente Costa e Silva, Bairro Testo Rega. Conforme relato da vítima, que trabalha como atendente, o autor dos fatos foi até em sua loja e perguntou se os mesmos aceitam cheques, que foi dito que Sim. O autor pegou produtos no valor total de R$ 249,70. A vítima ao receber o cheque, percebeu que o mesmo já estava preenchido no valor de R$ 250,00 e assinado, o que achou estranho. Diante da situação, a vítima acionou a polícia.


Diante dos fatos o autor e as 2 vítimas foram encaminhados a delegacia de polícia para os procedimentos legais.


Foto: Divulgação

90 visualizações