1/2
  • Oli Comunicações

Santa Catarina apresenta as menores taxas de homicídio, furto e roubo da década

Os números fazem parte do boletim mensal divulgado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública


Santa Catarina registrou os menores índices de criminalidade da série histórica. De 1º de janeiro até 30 de junho, o Estado apresentou queda de 14% em roubos, 7,3% em furtos e 21% em homicídios. Foram 723 roubos, 3.452 furtos e 83 homicídios a menos, comparado com o mesmo semestre do ano passado. É o menor patamar de roubo e de furto desde 2010 e de homicídio desde 2008. Os números fazem parte do boletim mensal divulgado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e refletem o investimento na área. Foram destinados R$ 343 milhões à melhoria de viaturas, armamentos e sistemas de tecnologia.


Continua após o anuncio

“Este é o maior valor já aplicado na área de Segurança Pública da história de Santa Catarina. Vamos continuar investindo e trabalhando para que os índices violentos continuem em queda e o Estado seja cada vez mais seguro”, ressalta o governador Carlos Moisés.

“Desde a criação do Colegiado todos os crimes violentos têm caído, fruto de um intenso trabalho das nossas forças de segurança”, diz o presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial de SC, coronel BM Charles Alexandre Vieira.


Homicídios A taxa de homicídios em Santa Catarina tem permanecido em queda. Neste último semestre, foram 312 registros contra 379 casos de janeiro a junho de 2008. Número que já chegou a 515 casos em 2017, comparado ao mesmo período.


Feminicídio em queda


Neste primeiro semestre do ano, tivemos 20 feminicídios contra 24 do primeiro semestre de 2020 e 30 do registrado em 2019. É o menor número desde 2015, quando foi criada a lei contra o feminicídio.


5 visualizações