top of page

Polícia Civil deflagra operação “obturação” contra jogo do bicho e lavagem de dinheiro na região

Há mais de um ano, a Polícia Civil investiga as práticas criminosas na região

Na quarta-feira (4), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Blumenau, deflagrou a operação “Obturação” para combater a exploração do jogo do bicho e a lavagem de dinheiro na cidade de Blumenau e região.

Na ação, foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e quinze de busca e apreensão nas cidades de Blumenau, Gaspar, Balneário Camboriú e Bombinhas.

Durante a operação, foram apreendidos um veículo Volvo XC 60 T8, modelo 2020, uma lancha Phantom 303 e uma moto aquática. Além disso, durante as buscas, um veículo VW/Nivus e um VW/T-Cross, além de aproximadamente R$ 62.000,00 em espécie, foram apreendidos.

Foi determinado pela Justiça ainda o sequestro de 24 imóveis, estimados em mais de 25 milhões de reais, e o bloqueio de R$ 81.966.346,65 das contas investigadas. Determinou-se, ainda, a imposição de medidas cautelares diversas da prisão, como a proibição de se ausentar do país, com prazo de 24h para apresentar o passaporte, para a matriarca da família.


Investigação


Há mais de um ano, a Polícia Civil investiga as práticas criminosas na região. A investigação demonstrou que o grupo familiar iniciou as atividades de exploração do jogo do bicho há pelo menos três décadas. A partir da morte do fundador em 2006, a esposa e um dos filhos assumiram a administração da banca “Ponto Chic”. O grupo criminoso investigado se utilizou de uma lotérica e de duas administradoras de bens para ocultar ou dissimular todo o dinheiro proveniente da exploração do jogo do bicho.

Destaca-se que, na semana passada, o dono da banca “Ponto Chic” foi abordado pela Polícia Civil na posse de R$ 604.180,00 em espécie. Esse dinheiro foi apreendido e depositado em juízo. Encerrado o procedimento, os presos foram encaminhados ao Presídio Regional de Blumenau, onde ficarão à disposição da Justiça.


A ação contou com o apoio do Laboratório de Lavagem de Dinheiro da Diretoria Estadual de Investigações Criminais, do Núcleo de Inteligência da 3ª Delegacia Regional de Polícia, da Delegacia de Combate à Corrupção, da Delegacia de Delitos de Trânsito e Divisão de Crimes Ambientais e das Delegacias de Polícia da região (1ª Delegacia de Polícia de Blumenau, Pomerode, Ascurra e Indaial).

A operação foi batizada de “Obturação” em referência à formação acadêmica do dono da banca denominada “Ponto Chic”, que era dentista.


Foto: Divulgação/PCSC

bottom of page