1/2
  • Oli Comunicações

Governador anuncia R$ 44 milhões para reativação de 205 leitos de UTI


O enfrentamento à Covid-19 foi retomado com prioridade pelo governador Carlos Moisés, na tarde deste sábado, 28. Em webconferência com presidentes de associações e diretores de hospitais filantrópicos, o chefe do Executivo estadual garantiu o repasse de R$ 44 milhões, até 31 de dezembro deste ano, para a reativação imediata de 205 leitos de UTI para tratamento da doença. Além disso, anunciou a prorrogação da Política Hospitalar Catarinense (PHC) - em teto máximo - por mais 10 meses.

“O Estado vai prorrogar a Política Hospitalar Catarinense, garantindo o recurso para o pagamento das despesas com a ativação desses leitos de UTI. Vamos reunir esforços para assegurar o que conseguimos até aqui: que nenhum paciente fique sem atendimento. O momento é de nos unirmos novamente para enfrentarmos o atual e grave momento da pandemia no estado”, frisou o governador.

Carlos Moisés também destacou a parceria com a rede de hospitais filantrópicos na gestão da crise sanitária até agora. “Nós conhecemos o trabalho que cada hospital realiza e o modelo adotado foi fundamental para os bons resultados alcançados em Santa Catarina”, pontuou.

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, explicou que os leitos haviam sido ativados no início da pandemia e foram desligados, gradativamente, de acordo com a diminuição no número de casos.

“São leitos que estão prontos para serem utilizados novamente. É fundamental que eles estejam ativos para que possam ser habilitados. Paralelamente, estamos trabalhando na habilitação de novos leitos”, informou o secretário. Motta Ribeiro também destacou que o cronograma de pagamentos será rigorosamente planejado e informado aos gestores hospitalares.

“O trabalho realizado até aqui foi de muito esforço e dedicação. Mesmo com dificuldades de toda ordem, estamos cumprindo com nossa missão de proteger a vida e é muito importante poder contar com o apoio do Governo do Estado neste momento”, disse a presidente da Federação das Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado de Santa Catarina (FEHOSC), Irmã Neusa Luiz.

Quem também acompanhou a reunião, por webconferência, foi o deputado José Milton Scheffer. Em sua fala, o parlamentar cumprimentou o governador por retomar o trabalho em parceria com a rede de hospitais filantrópicos para o enfrentamento da Covid-19.

A medida de prorrogação da PHC e reativação dos leitos atende a uma das frentes de trabalho no enfrentamento dessa nova fase da doença em Santa Catarina, que é o suporte à oferta de serviços de saúde nos hospitais. A segunda frente, conforme o governador, é o controle social, reduzindo a exposição das pessoas ao vírus.


Foto: Mauricio Vieira / Secom

1 visualização