top of page

Cervejaria Schornstein traz mais uma edição do seu renomado festival

Do Rock ao Country, passando por Folk e Celta, serão mais de 22 horas de música com atrações como Jimmy London (Matanza) e Farol Negro e Rebels and Sinners

A Schornstein, tradicional cervejaria artesanal catarinense, que em 2023 completa 17 anos, realiza mais uma edição do Schornstein Festival, nos dias 01 e 02 de julho, em Pomerode (SC). Além de vários estilos de chope e variadas opções gastronômicas, o público que comparecer ao evento irá se divertir com shows de diversos estilos musicais, com destaque para as esperadas apresentações de Jimmy London (Matanza) e Farol Negro e da banda Rebels and Sinners.

Nos dois dias de festa, a programação acontecerá das 11h à 1h no sábado (dia 01/07) e das 11h às 21h, no domingo (dia 02/07). O acesso ao festival é gratuito e o lineup das bandas contempla músicas do Rock ao Country, passando por Folk e Celta. “Neste ano, teremos dois palcos, um deles para os DJs. Como é um evento para a família, teremos uma área kids para os pequenos se divertirem e uma parede de escalada que também é gratuita, é diversão, boa música e o melhor da cerveja com alma”, destaca Luciane Rosa, coordenadora de Marketing da Schornstein.


De acordo com ela, o festival contará com as tradicionais cervejas Schornstein, a tap list do evento comtempla os estilos Pilsen, IPA, Weiss, Witbier, APA, IPA Tangerina, Bock, Bock Chocolate com Pimenta e Dry Stout. A Seasons que, assim como a Schornstein, pertence à Companhia Brasileira de Cerveja Artesanal (CBCA), também estará presente. Conhecida por suas cervejas lupuladas e premiadas, a marca levará as linhas Holy Cow, Pacifc, Vaca das Galáxias, Mr. Green e o lançamento da linha Moo England, Cowlifornication, uma Juicy IPA com Manga.


“O festival se tornou um marco no calendário da cidade e atrai turistas de diversos locais em busca de boa música e de boa comida para acompanhar nossas premiadas cervejas artesanais. A localização é outro ponto positivo, pois estamos no centro histórico da cidade, que é de fácil acesso e tem um charme todo especial”, afirma Luciane.

Os visitantes também poderão adquirir o copo eco especial do festival, por R$ 6, além de uma linha de produtos com a cara do evento, como camisetas, bonés e souvenirs da marca.

Atrações musicais


No sábado (01/07), o line up é composto pelas bandas Leo Maier Trio (Blues), Blumenfolk (Rock/Countru/Folk), Sonido Club (Rock), Cometz (Rock/Hard) e Jimmy London (Matanza) e Farol Negro (Country/Rock), além da Black Tainha (Rock, Grunge/Stoner), vencedora do concurso de bandas realizado pelo festival. Além de valorizar a cultura cervejeira de Pomerode, o evento promoveu um concurso exclusivo para grupos catarinenses – foram mais de 40 inscritos.

No domingo (02/07), quem comandará a festa serão as bandas Rebels and Sinners (Folk, Indie/Celta), Bastardos (Country/Rock) e Club Soda (Rock), além de DJs fazendo a tradicional discotecagem com disco de vinil.


Gastronomia


Restaurantes locais e da região que estarão presentes no evento terão um cardápio dedicado ao festival, com pratos elaborados para harmonizar perfeitamente bem com as cervejas Schornstein e Seasons. Destaque para o tradicional Bretzel, torresmo e linguiças alemãs, além de massas, pizza, pastel e comidas típicas alemãs, inclusive, com opções veganas e café premium.


Tradição cervejeira


A Cervejaria Schornstein foi uma das primeiras fábricas de cerveja artesanal brasileira, fundada em junho de 2006, em Pomerode (SC), cidade que tem fortes traços da cultura alemã. Sua sede fica em uma edificação histórica, o antigo Mercado Weege. Ao lado da fábrica, o prédio que deu início à cervejaria abriga, atualmente, o brewpub Schornstein Kneipe, que se destaca por uma imponente chaminé de 30 metros de altura feita de tijolos maciços artesanais. Vem daí o nome Schornstein que, em alemão, significa chaminé.


Conhecida por fabricar uma “cerveja com alma”, a Schornstein resgata o talento natural para produzir cerveja trazido pelos primeiros imigrantes alemães que se estabeleceram no Vale Europeu, em Santa Catarina.

Com várias medalhas de excelência conquistadas em concursos cervejeiros nacionais e internacionais, a marca produz diversos estilos de cerveja como IPA, Bock, Weiss, Pilsen, Stout, Pilsen, APA e Witbier, disponíveis em garrafas de 500ml, long neck 355ml e latas. Na versão long neck, há os rótulos de Witbier, American Lager, All Day IPA, Citrus Kakao IPA e, em lata, as opções são Imperial IPA, Chocolate com Pimenta, IPA Tangerina, Session IPA, entre outras.


SOBRE A CBCA - A Companhia Brasileira de Cerveja Artesanal (CBCA) nasceu a partir da fusão de duas empresas de expressão no mercado, as cervejarias Leuven (Piracicaba-SP) e Schornstein (Pomerode-SC), com o objetivo de fortalecer e difundir o consumo de cerveja de qualidade no Brasil. Com um histórico de tradição, inovação e premiações, a paixão pela bebida aliada à gestão profissional e visionária resultaram em um crescimento consolidado da empresa. Seu fundador e CEO, Gustavo Barreira, é engenheiro agrônomo com especialização em finanças, atuou por cerca de 20 anos na área financeira em grandes empresas. Sua experiência em projetos de empreendedorismo, turn around, M&A e startups levaram a CBCA ao seu atual estágio de desenvolvimento. Foi responsável pelo primeiro equity crowdfunding do setor cervejeiro, em 2017, ainda como CEO da Leuven e liderou sua fusão com a Schornstein, em 2019. Atualmente, a CBCA tem duas fábricas localizadas em Pomerode (SC) e Itupeva (SP). Seu portfólio é composto pelas marcas Leuven, Seasons, Schornstein e Unicorn, originária da StartUp Brewing.


Fotos: Divulgação/CBCA

Comments


bottom of page