top of page

Assinado contrato de concessão do tratamento de água e esgoto em Pomerode

Empresa Pomerwasser Ambiental será responsável pelos serviços de tratamento do saneamento

básico na cidade pelos próximos 35 anos

Na manhã de hoje, sexta-feira, 30 de junho, no Salão Nobre da Prefeitura, foi realizada a assinatura do contrato de concessão do tratamento de água e esgoto de Pomerode. O documento foi assinado pelo Prefeito de Pomerode, Ércio Kriek, vice-prefeito, Chico Hass, presidente do SAMAE, Ricardo Campestrini, vice-presidente da comissão de licitação, Waldemar Wilhem, Presidente da Câmara de Vereadores de Pomerode, Marco Desessards, presidente do conselho de administração da Pomerwasser, Marcelo Castro, e pela Diretora da Agência Intermunicipal de Regulação do Médio Vale do Itajaí (AGIR), Bruna de Andrade.

As discussões para a concessão do saneamento iniciaram no ano de 2017. Desde lá aconteceram inúmeras audiências públicas buscando a participação do cidadão nas decisões. “A concessão aconteceu principalmente pela vontade política de melhorar o saneamento básico de Pomerode, e consequentemente, a qualidade de vida da população. Analisando os investimentos necessários para a instalação da rede de tratamento de esgoto, a melhor solução para o município foi o contrato de concessão com uma empresa privada”, avalia o presidente do SAMAE, Ricardo Campestrini.

O SAMAE, que era responsável até agora pelo saneamento básico, terá a função de realizar a transição e fiscalização do contrato. “Agora, o SAMAE vai passar todas as informações e dados técnicos para que a equipe da Pomerwasser em breve possa assumir a operação”, explica Mayra Trierveiler Rego, antiga Diretora de Engenharia do SAMAE, agora coordenadora técnica do setor de operação e manutenção, responsável pela transição.

“Temos um grande desafio pela frente nesses próximos 35 anos, investindo principalmente no tratamento de esgoto. Nosso objetivo é que nos próximos cinco anos, já temos um plano bem efetivo para a reversão da situação atual”, afirma presidente do conselho de administração da Pomerwasser, Marcelo Castro.


Atualmente, a cobertura do tratamento de água do município contempla 100% da população rural e 93% da população total, com 255 quilômetros de rede de distribuição e cinco reservatórios com volume total de 1.575 m³. Já a cobertura do tratamento de esgoto é de apenas 2%. A Pomerwasser será responsável por investir em projetos de tratamento de esgoto e distribuição de água.

Com o foco em atender plenamente os 35 mil habitantes da cidade, as intervenções e obras previstas têm como objetivo ampliar a segurança operacional para que a cobertura do abastecimento de água chegue a 99% e a universalização do esgotamento sanitário alcance, no mínimo, 90% do município.

“Nós já temos uma realidade boa na distribuição de água para as residências de Pomerode, e nosso objetivo é repetir isso no tratamento de esgoto e melhorar ainda mais os sistemas já existentes. Com isso, vamos atender o marco do saneamento”, explica o diretor do contrato, Marcelo Hagge.


A população é a maior beneficiada com a concessão. Além da outorga de R$ 61,34 milhões, haverá um desconto de 15% nas tarifas apresentadas no processo de concessão. Exemplificando, a tarifa por metro cúbico é de R$ 37,67, com o desconto, ficaria R$ 32,02.


A Pomerwasser Ambiental é formada por cinco grandes companhias que, juntas, somam mais de R$ 3 bilhões de faturamento anual e possuem investimentos nos setores de saneamento, saúde, energia eólica, concessões rodoviárias e empreendimentos imobiliários.


Foto: Divulgação

bottom of page